domingo, 16 de março de 2014

Para Ludmilla

Obra de Cláudio Souza Pinto

Até que o amanhã chegue,
Vou te dizendo que tu me encantas levemente
Que tens nos fios de cabelo pequenos controles de mim
Que no teu riso bobo encontro minha razão
Que no teu jeito atropelado de dançar encontro o meu passo e tempo certos
No bater do teu coração, o meu ritmo
Que na tua voz tenho o descanso do ouvir da brisa doce
E na tua amizade encontro vida e poesia

3 comentários:

  1. "Leve, como leve pluma muito leve pousa."

    ResponderExcluir
  2. Lindíssimo és e de igual modo te mostras... é incrível te enxergar em tanta beleza!!!

    ResponderExcluir